• Pessoal
  • Morte do Clodovil

    Clô era chicO fato de eu trabalhar e estudar não me permite assistir nada de televisão, isso inclui jornal, consequentemente não fico sabendo das coisas que estão acontecendo no Brasil e no mundo.  Ontem chego em casa para almoçar correndo e já voltar pro trabalho quando minha irmã me conta que o Clodovil estava no hospital,  com morte cerebral. Fiquei muito triste com a notícia, pois como sou estilista, ele era uma pessoa que eu admirava.  Gostava de assistir seu programa e o ver desenhando croquis ao vivo. Sua criatividade  e seu estilo eram únicos.  Clodovil era único com sua personalidade excêntrica. Alguns o amavam, outros o odiavam.  Ele sempre alfinetava e dizia umas boas verdades, no estilo “doa a quem doer”. Uma pena ter morrido agora que era deputado e poderia fazer alguma coisa decente pelo Brasil e mudar a visão daqueles políticos babacas que estão lá em Brasília.  Pelo menos com certeza ensinaria todos a se vestirem com classe. Clô era chic.

    No curso à noite, os meninos engraçadinhos (e isso inclui o professor!)  ficaram fazendo piada com o coitado dizendo coisas como  “Clodovil deu tudo o que tinha que dar” e “Clodovil não morreu, virou purpurina”, enquanto as meninas estavam com dó dele.

    Fiquei  com pena dos seus pets que devem estar sentindo sua falta. Com quem será que vão ficar?

    Clodovil com sua Pug

    Compartilhe