• Livros
  • Os Segredos da Mente Milionária

    “Aprenda a enriquecer mudando seus conceitos sobre o dinheiro e adotando os hábitos das pessoas bem-sucedidas.”

    Autor: T. Harv Eker
    Páginas: 176
    Editora: Sextante
    Ranking:

    Esse livro mostra as principais diferenças entre a mente da maioria de nós mortais (pobres) e a mente das pessoas milionárias. Interessante ver como as pessoas ricas pensam diferente das pessoas de classe média.
    Por exemplo,
    “As pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos.”
    “As pessoas ricas põem o seu dinheiro para dar duro para elas. As pessoas de mentalidade pobre dão duro pelo seu dinheiro.”

    Harv Eker ensina que  devemos nos preocupar em saber administrar dinheiro mesmo tendo pouco. Muitas pessoas dizem que devem se preocupar apenas quando tiverem rios de dinheiro. Mas a verdade é que temos que saber administrar desde as pequenas quantias. Ele ensina não apenas como fazer dinheiro, mas como mantê-lo, porque isso sim é difícil. As pessoas de mentalidade pobre gastam tudo o que ganham, enquanto os ricos se preocupam em economizar para o futuro.

    Livro lido como tarefa para 101 coisas em 1001 dias
    compare preços

    Compartilhe



  • o que estou lendo
  • Minha Vida de Menina

    minha vida de menina

    O que Estou Lendo: Minha Vida de Menina

    Autora: Helena Morley

    Editora: Companhia das Letras

    Páginas: 335

    Meu Ranking: amoamoamo

     Mais um livro-diário! Enfim, não consigo ficar longe desse tipo de literatura. E esse me conquistou por não ser ficção (estou querendo dar um basta em livros de ficção..)

    A leitura é gostosa, fácil de entender, apesar da época em que foi escrito. Sem contar que possui muitas partes engraçadas.. Fiquei admirada de ver a qualidade dos textos e conversas que a autora registra no livro.

    A década é  de 1980, o lugar, Diamantina, Minas Gerais, a dona do diário é Helena, uma pré-adolescente por volta dos seus 13 anos.. Engana-se quem pensa que naquela época as pessoas não eram felizes por não desfrutarem da tecnologia de hoje.. Helena é uma menina feliz na simplicidade de sua vida. Queria registrar aqui muitos trechos do livro, há alguns muito engraçados mesmo. Recomendo. Mas selecionei um por ser de um humor singular:

    Tia Carlota comprou uma vaca com cria, para vender o leite e mamãe tomou freguesia com ela. Ela manda à nossa casa a filha da alugada, Maria, uma pretinha muito esperta, trazer o leite de manhã. Começamos todos a notar que o leite estava muito aguado. Hoje mamãe disse á pretinha: ‘Maria, você diga a Carlota que o leite está vindo muito aguado; que ela precisa dar mais fubá ou feijão branco à vaca, para engrossar o leite’. A pretinha respondeu: ‘Aguado? O leite de lá é tão forte que Siá Carlota precisa pô água nele, todo dia, pra destemperá.

    Pesquise o livro

    Compartilhe



  • o que estou lendo
  • O Diário de Zlata

    O Diário de Zlata

    Editora: Companhia das Letras
    Páginas: 200 páginas
    Autora: Zlata Filipovic

     Já perdi a conta de quantos livros no estilo diário eu já li. Esse merece uma atenção a mais por se tratar de um diário real. Zlata é uma menina de 11 anos de idade que vê sua vida se transformar por causa da guerra na ex Iugoslávia, Zlata mora em Saravejo e anota em seu diário o dia-a-dia dos conflitos, suas reflexões sobre a guerra. Particularmente achei sua forma de escrever elevada pela idade (11, 12 anos), tanto é que o diário foi escolhido entre outros pela UNICEF para mostrar os relatos da guerra.

     Uma leitura que faz pensar o que você faz com a sua liberdade e dar a ela o devido valor. Sabe aquela história de só dar valor quando se perde? Você sente isso nesse livro, um tanto quanto poético, ao meu ver..
    Li quase inteiro em uma mãnhã. :)

    pesquise mais sobre o livro

     

    Compartilhe



  • Arte
  • Descobrindo A História da Arte

    Descobrindo a História da Arte
    Autor: Graça Proença
    Editora: Ática
    Páginas: 246

    O livro aborda a história da arte de maneira didática e objetiva o que torna a leitura fácil e gostosa. Além disso possui muitas imagens com comentários. Estou gostando muito de lê-lo, o livro anterior que li sobre arte não tinha quase figuras e era escrito de uma forma rebuscada! Esse livro é ideal para pessoas que querem aprender história da arte sozinhas (assim como eu). Adoro pegar para ler e curtir uma viagem ao passado. Não pensei que história da arte era tão interessante assim. Recomendadíssimo.

    Pesquise

    Compartilhe