• Moda
  • Como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia

    É muito difícil para qualquer pessoa descobrir que está com câncer. Entretanto, para as mulheres pode ter um significado ainda mais difícil. As pessoas que fazem quimioterapia sofrem diversos efeitos colaterais, e para as mulheres isso pode afetar diretamente sua autoestima.

    Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2018 a estimativa de casos de câncer no Brasil foi gritante. Nos homens, o que tem mais incidência é o câncer de próstata, chegando a 31,7 % dos casos.

    Já nas mulheres, a maior incidência é do câncer de mama. Em 2018, foram registrados 59.700 casos novos. Esse número chega a 29,5% dos casos. Em decorrência disso, é sempre essencial trabalhar a autoestima dessas mulheres.

    Existem vários meios de fazer isso, um desses meios e o que vamos trabalhar nesse artigo é como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia. Visando tanto a beleza, como o maior conforto para essas mulheres.

    Como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia

    A história do turbante

    Não se sabe exatamente onde e quando surgiu o turbante. Entretanto, no Brasil, ele carrega vários significados remetentes a cultura afro. É um símbolo de resistência e valorização da beleza da mulher negra.

    Ao pesquisar sobre há fontes que apontam o turbante como utilizado primeiramente pela cultura Islã, desde sua criação. Sendo levado posteriormente até a Índia, onde existe um grande significado religioso, de maturidade e elevação espiritual até a identificação de classe social.

    No Brasil, o uso do turbante perpassa pelo menos processo de identidade. Acaba se tornando um símbolo da resistência e de trazer consigo as raízes de um contexto cultural que se encontra presente até mesmo nos dias de hoje.

    Antes de utilizar o turbante é importante ter conhecimento que ele é um símbolo importante em determinadas culturas. Por isso, se faz essencial saber que não é apenas uma peça para uso estético.

    Como escolher o melhor turbante para quem faz quimioterapia

    Escolher um turbante pode não ser um processo fácil. São diversas as texturas, cores e amarrações que um turbante pode ter. Além disso, é preciso escolher aquelas que mais se adequam a poucos ou nenhum cabelo.

    Caso você esteja insegura ou em dúvida, é sempre legal ter alguém que você confie do seu lado. Como dito acima você pode escolher o turbante através de cores, amarrações e textura.

    Como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia

    1.    Cores

    Para ter como base as cores na escolha do turbante, você pode apostar de acordo com a estação em qual você está. Como estamos na estação Outono, é nela que iremos focar.

    As cores em alta para a estação Outono 2019 transmitem confiança, ousadia e inteligência. Nessa paleta você pode escolher a que maior reflete sua personalidade. A paleta conta com 12 cores lindíssimas.

    Chilli pepper: A primeira cor é chilli pepper. É um vermelho intenso, não tão vivo, que reflete a cor encontrada em pimentas.

    Bikingred: Um vermelho escuro. Se aproxima muito do tom de vermelho bordo.

    Crème de Pêche: Uma cor neutra e linda que irá combinar com qualquer coisa. O crème de pêche é de um pêssego suave, muito claro.

    Peachpink: Muito semelhante a cor anterior, porém com um tom de rosa mais acentuado. O peachpink é muito utilizado em cores de blush, para dar “uma corzinha” as bochechas.

    Rockyroad: Ótimo para quem da preferencia a cores escuras. O rockyroad é de uma cor de marrom intenso e profundo, que lembra a um tom de terra ou até mesmo grãos de café.

    Fruitdove:Um rosa estilo chiclete. Ótimo para quem quer fazer um look mais moderno e extrovertido.

    Sugar Almond: É um marrom adocicado. Levemente puxado para o tom acobreado.

    Dark cheddar: Essa é uma cor que não poderia faltar. O amarelo. A gente pensa em outono e já se lembra dele. O Dark Cheddar, como o nome já diz, lembra muito a cor do queijo cheddar. É uma cor entre amarelo e laranja.

    Galaxy blue: Essa é pra quem nunca deixa o azul de lado. É um azul entre o tom índigo e royal.

    Bluestone: Essa é uma variação de azul quase chegando ao cinza. Muito linda para seus turbantes.

    Laranja Tiger: É um laranja intenso, lembra a cor de uma tangerina. Transmite força, ideal para um turbante para quem faz quimioterapia.

    Eden: Essa cor é de um verde que é impossível não se apaixonar. Lembra muito a limo ou a cor de árvores de natal.

    Dentro dessas cores, você ainda pode combinar estampas. Tudo para ter o turbante que mais se adeque com você.

    2.    Amarrações

    O turbante existe de diversas formas. Mas as suas variedades estão nas suas amarrações. São diversas as formas como você pode escolher utilizar o seu turbante. Você pode ainda escolher um que já venha com a amarração pronta. Abaixo ensinamos duas amarrações simples para começar a utilizar seu turbante.

    Como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia

    Quanto maior for o seu turbante, mais amarrações você será capaz de fazer com ele. A primeira amarração e mais simples é cobrir toda a cabeça com o turbante puxando-o todo para frente. Com a sobras do tecido torça-o e então arremate fazendo algo como um circulo e colocando a ponta do tecido para dentro.

    No segundo tipo de amarração, você irá pegar todo o turbante e apoiar no seu pescoço, com cada ponta para um lado. Isso com o turbante dobrado. Você irá então pegar a primeira dobra e cobrir toda a cabeça.

    Com o excesso de tecido que sobrar para os lados, puxe a maioria para um lado. Então pegue a ponta do outro lado e passe pela frente da cabeça, passando a outra ponta por cima. Com o excesso dê varias voltas e com o que sobrar do tecido encaixe abaixo das voltas que foram dadas.

    Você está pronta para sair com seu turbante! Caso tenha dificuldades com as amarras, peça auxilio para a pessoa que te vender o turbante.

    3.    Textura

    Para pessoas que tem pouco ou nenhum cabelo, o ideal é evitar tecidos muito lisos para que não caiam ou se desfaçam. Procure por tecidos mais grossos ou de malha. Tente evitar os tecidos de cetim ou seda.

    Como escolher o melhor turbante pra quem faz quimioterapia

    Com esse artigo, escolher turbantes para quem faz quimioterapia se torna muito mais fácil. O turbante irá ajudar pessoas que ainda não se acostumaram com a perda de cabelo devido a quimioterapia ou que precisam elevar sua autoestima.

    Compartilhe