• arquitetura e decoração
  • Projeto de Iluminação: Você sabe o que é luminotécnica?

    Seja na hora de construir ou reformar, a disposição das luzes merece muita atenção, o que muitas vezes não acontece. Como criar destaques para decoração utilizando as lâmpadas? Em quais ambientes é preciso ter uma iluminação direta e outra indireta? Existem outros tipos de iluminação?

    Para resolver tudo isso a luminotécnica entra em ação ou ao menos deveria! Não sabe o que é luminotécnica? Vamos explicar, tirar suas dúvidas e ainda dar dicas de como criar um projeto de iluminação para sua casa. Confira!

    Decoração - Projeto de Iluminação
    Foto: Shutterstock

    O que é Luminotécnica?

    A definição de luminotécnica é estudo de como aplicar uma iluminação artificial em ambientes, sejam eles internos ou externos. Em resumo, é um projeto para determinar a iluminação que cada ambiente deve ter segundo sua função, além de economizar energia e escolher a quantidade e as lâmpadas com a potência certa para cada luminária.

    Decoração - Projeto de Iluminação
    Foto: Shutterstock

    Conheça os tipos de lâmpadas

    Para começar, vamos mostrar cada tipo de lâmpada e suas utilidades, confira:

    Halógenas – remetem à luz natural, como a do Sol, deixando o ambiente com sensação de conforto, porém, não economizam energia e sua durabilidade, comparada a lâmpadas fluorescentes, é baixa.

    Dicroica – lâmpada que não tem uma potência alta para iluminar os ambientes, é mais recomendada para ressaltar a decoração, porém, seu consumo de energia é alto e um tipo que esquenta muito, é preciso tomar cuidado ao deixa-las perto de cortinas, por exemplo.

    Decoração - Projeto de Iluminação
    Foto: Shutterstock

    Fluorescente – são lâmpadas que auxiliam na economia de energia, chamadas de lâmpadas frias, não esquentam o ambiente e tem uma vida útil muito longa.

    Led – uma das maiores vidas úteis do mercado, além de economizarem grande quantidade de energia.

    Nesse momento da reforma, de projeto de iluminação, uma das coisas mais gostosas é escolher os lustres de cada ambiente, mas é importante fazer isso junto com um eletricista, pois os modelos também influenciam na luminotécnica e você não vai querer se decepcionar com o lustre que achou lindo, pagou caro, mas decepcionou, não é mesmo?!

    Decoração - Projeto de Iluminação
    Foto: Shutterstock

    Conheça os tipos de iluminação

    Difusa – é o tipo que todo mundo conhece, a lâmpada fica no meio do ambiente, iluminando todo ambiente de forma única e uniforme.

    Direta – como o próprio nome já diz, é uma luz que incide diretamente em um objeto, seja um quadro, uma planta ou em escritórios e áreas de estudo para ajudar na leitura.

    Decoração - Projeto de Iluminação
    Foto: Shutterstock

    Indireta – uma iluminação intimista, ótima para quartos, para criar um ar mais intimista. Muito utilizada em conjunto com sancas de gesso, rebaixamento de teto e afins.

    Um projeto de iluminação bem feito é capaz de valorizar a decoração, como texturas, quadros, plantas. É capaz de deixar um ambiente aconchegante e propício para assistir televisão e até transformar um quarto num verdadeiro lugar para relaxar. Ou seja, investir em iluminação é um cuidado não só com a funcionalidade e decoração da sua casa, mas também com o bem-estar da sua família.

    Consulte um profissional e realize seu projeto de iluminação com qualidade, economia e segurança!

    Compartilhe



  • arquitetura e decoração
  • Reformando banheiro gastando pouco

    Com pouca grana mas com muita vontade de mudar os ares do seu banheiro? Confira algumas dicas

    O banheiro deve ser um dos lugares mais relaxantes, aconchegantes e arejados de uma casa, afinal, ali você terá seu momento de relaxamento, tomar um banho gostoso, passar cremes no corpo, hidratar o cabelo, as vezes é até o lugar onde vai se maquiar. Por isso, ele merece sempre uma atenção especial na hora das reformas, é um cantinho da casa onde você vai passar bastante tempo e merece sentir-se confortável.

    Tudo bem, um banheiro merece tudo isso, porque você merece, mas o seu bolso também precisa de uma atenção e nem sempre sobra aquele extra para realizar grandes reformas. Por isso, separamos algumas dicas para que você consiga dar uma cara nova ao seu banheiro gastando pouco.

    Como decorar banheiro com pouco dinheiro
    Foto: Shutterstock

    Começando pelas paredes…

    Provavelmente, é um dos maiores gastos de um ambiente como o banheiro, por isso, para economizar, indicamos que mexam o menos possível nelas, trocar azulejos dá um trabalhão e ainda sai um pouco do orçamento de quem pretende economizar. Recomendamos uma boa limpeza e uma pintura com tinta epóxi pra quem está afim de mudar as cores. Outra opção é usar adesivos que imitam ladrilhos, super fáceis de encontrar e aplicar, fora que possuem vários modelos e cores para a sua escolha, além de adesivos diversos e estêncil, que trazem outro clima para o ambiente. Se no caso do seu banheiro não há azulejos, só paredes, a pintura é necessária.

    Como decorar banheiro com pouco dinheiro
    Foto: Shutterstock

    Mudando o gabinete

    Para economizar, você pode pintar o seu gabinete de uma cor diferente ou apostar em um móvel inusitado, por exemplo, um aparador antigo todo reformado. É uma ótima opção para quem não quer gastar. Só não esqueça de verificar a tubulação e posição da pia, um encanador profissional pode fazer as adaptações necessárias para você.

    Como decorar banheiro com pouco dinheiro
    Foto: Shutterstock

    Trocando os acessórios

    Saboneteiras, toalhas, ganchos, porta escova, espelho! São objetos fáceis de serem trocados e que já dão um ar totalmente diferente ao banheiro novo! Você encontra diversos jogos de acessórios, com tema de bichinhos, alguns mais sérios, outros mais ousados com cores fortes. Tudo para você combinar com as toalhas e criar um banheiro novo!

    Quadrinhos na parede são uma ótima opção para inovar! Você pode trocar os temas sempre que enjoar!

    Como decorar banheiro com pouco dinheiro
    Foto: Shutterstock

    Decorando com plantas

    As plantas trazem uma energia renovada para o ambiente, nada como tê-las também no banheiro! Prefira as espécies que se adaptam melhor a lugares úmidos, como o bálsamo! Além das plantinhas, você pode combinar os vasos com o quadrinhos e os acessórios do restante do banheiro.

    Cansado do branco?

    Abuse das cores que você mais gostar, traga paredes coloridas, quadros chamativos, móveis que contrastam com todo o resto! O mais importante de um lugar para relaxar é que ele se adapte ao seu gosto, as suas vontades e necessidades! O que conta é você se sentir a vontade em um ambiente, em um cantinho, um refúgio, não importam as cores.

    Compartilhe



  • dicas
  • Como funcionam os cursos pré-vestibular?

    Quer saber como funciona um curso pré-vestibular? Acompanhe esse post e, de quebra, conheça outras opções em cursos online para suas aulas de reforço!

    Você está finalizando o Ensino Médio e já começou a se preparar para os acirrados vestibulares? Certamente você já notou que a competição por uma vaga é grande – seja em universidades públicas ou privadas. Nessa jornada, o caminho mais comum é o curso pré-vestibular.

    Mas será que os cursinhos são exatamente a melhor escolha para todos os alunos? É o que você vai descobrir em nosso post de hoje. Saiba como funciona o curso pré-vestibular e suas características. Acompanhe e tire suas dúvidas sobre o assunto. Boa leitura!

    Como estudar cursinho pré-vestibular
    Foto: Unsplash

    Quais as principais características dos cursinhos?

    Quando falamos em cursinho pré-vestibular, a primeira imagem a surgir pode ser a de professores dinâmicos, ensinando matérias complexas em cima do palco, com músicas e fantasias. E isso é comum. Uma das grandes características dos cursinhos é o dinamismo das aulas.

    Principalmente em véspera de exames, as escolas optam por criar aulas em forma de espetáculo. Além de receber o conhecimento mais informalmente, os alunos sentem-se mais relaxados e à vontade.

    Além dessa característica, podemos citar outras como:

    • Professores familiarizados com vestibulares
    • Aulões temáticos
    • Material didático próprio
    • Pagamento mensal, semestral ou anual
    • Possibilidade de preparação para vestibulares específicos

    Quanto tempo dura o curso pré-vestibular?

    O tempo de um cursinho está atrelado ao objetivo do aluno, bem como sua dedicação e aprendizagem individual.

    Alunos que almejam ser aprovados em grandes vestibulares de Medicina, por exemplo, podem frequentar as aulas de 2 a 3 anos. No entanto, carreiras menos concorridas podem exigir apenas 1 ano de estudo intenso nos cursos.

    A universidade escolhida também determina a duração do curso. Vale salientar que universidades particulares geralmente exigem menos do que as públicas. Nesse sentido, 1 ano de cursinho pode ser o suficiente.

    Quais os custos de um curso pré-vestibular?

    Apesar de ser uma boa fonte de preparação, muitos alunos acabam optando por cursos online e outros tipos de aula de reforço justamente pelo alto custo dos cursinhos.

    Os valores variam de acordo com o renome da instituição – incluindo mensalidade e material didático. Quanto mais conhecida for a instituição – bem como o sistema de ensino – mais alto ou mais baixo é o custo.

    A média de valores do Curso Anglo, por exemplo, é de R$164 a R$1.203 por mês – depende da quantidade de aulas por semana, área de especialização e período de estudo.

    Como se preparar para o vestibular sem os cursinhos?

    Mas nem todos os vestibulandos têm condições de arcar com os altos custos dos cursos pré-vestibulares. Nesse cenário, uma boa saída é apostar em aulas de reforço e cursos online. Boas plataformas, como a Tá Dominado, oferecem cursos e videoaulas com professores especialistas na área.

    Além de reforçar os seus conhecimentos para o vestibular, você pode utilizar as aulas de reforço para eliminar dúvidas de matérias vistas em sala de aula, melhorando suas notas.

    Veja algumas vantagens de fazer cursos online para o vestibular ou para aulas de reforço escolar:

    • Videoaulas com conteúdos de todas as matérias, incluindo informática básica;
    • Videoaulas específicas;
    • Videoaulas com resoluções de exercícios 24 horas por dia, 7 dias por semana;
    • Contato direto por e-mail com professores;
    • Professores treinados e com experiência em ensino EAD.

    Como você percebeu, o curso pré-vestibular é uma boa opção de preparação. Porém, não é a única. Se você prefere estudar e ter aulas de reforço em casa, no dia a hora que preferir, as videoaulas do Tá Dominado são a melhor escolha! Saiba como o portal funciona e faça hoje mesmo seu cadastro. Bons estudos e até a próxima!

     

    Compartilhe



  • arquitetura e decoração
  • Decoração industrial: inspire-se

    Nos anos 70, antigos galpões industriais transformaram-se em residências, bem no estilo do que hoje chamamos de loft. E é dessa época que vem a decoração em estilo industrial que está tão em alta nos últimos tempos. Se você está pensando em decorar um ambiente ou sua casa toda com a pegada industrial está no lugar certo, vou tirar todas as suas dúvidas sobre o estilo!

    Decoração: estilo industrial

    O básico do estilo industrial é que o ambiente possua poucas divisórias para dar uma sensação de amplitude. O cimento queimado é o grande destaque, está presente no piso e nas paredes. Detalhes metálicos também dão o charme para o ambiente, como escadas e luminárias. Basicamente, tudo que remete à construção, ao inacabado, compõe esse estilo.

    Encanamentos e vigas ficam aparentes, a luminária costuma ser em trilhos, tubulação de ar condicionado, tudo o que a maioria das pessoas tentam esconder, o estilo industrial traz à torna parte da decoração. Um pedreiro profissional pode ajudar você a criar todo esse ambiente, principalmente, auxiliar na aplicação do cimento queimado e na exposição das vigas.

    Decoração: estilo industrial

    Outra característica desse tipo de decoração é portas e janelas largas e altas, fazendo com que a iluminação natural seja priorizada nos ambientes.

    Uma dica muito legal é misturar o estilo industrial com o rústico! Paredes com tijolo aparente, móveis com uma madeira já desgastada ou com aspecto de inacabadas, sem verniz, móveis feitos de pallets, como mesinhas e sofás. Industrial e rústico são estilos que combinam muito!

    Decoração: estilo industrial

     

    Nos móveis você pode abusar do ferro! Como já citei acima, na decoração industrial, os ambientes não possuem muitas divisões, são mais no estilo loft, então a cozinha tende a ser americana. Ou seja, praticamente junto da sal. Escolha uma mesa e as cadeiras de ferro, estantes e araras também compõe a decoração. As cores ficam ao seu critério, existem pessoas que gostam de dar um destaque para os móveis, já que as paredes e o piso costumam ser monocromáticos. Já outras preferem algo mais raiz, fiel ao estilo e usam móveis escuros, na maioria pretos.

    Decoração: estilo industrial

    Outra dica muito legal é usar a tinta que imita lousa em uma das paredes, você leva o tom escuro e ainda pode usar desenhos bem bacanas, além de recado dos seus amigos.

    Muito engana-se quem pensa que o estilo industrial torna o ambiente masculinizado. Muitas mulheres que preferem algo mais clean optam pela decoração, principalmente, para escritórios, por ajudar na concentração, pois são menos informações para se distrair. Além de ser uma ótima opção para quem não gosta da casa com muitos enfeites e cores.

    Decoração: estilo industrial

    Quem não possui grandes janelas e portas e tem ambientes bem divididos em casa, mas ainda sim quer apostar no industrial, a dica fica por conta dos objetos, cadeiras, mesas, luminárias e papéis de parede que imitam cimento queimado e tijolo aparente. A estrutura fica intacta, mas você consegue mudar todo o conceito de um ambiente ou de uma casa inteira.

    Agora que você conheceu um pouquinho do mundo da decoração industrial, já pode ter algumas ideias para decorar a sua casa!

     

    Compartilhe