• arquitetura e decoração
  • 5 dicas para escolher seu apartamento

    Se você pretende se mudar para um apartamento, é necessário avaliar alguns aspectos que podem fazer a diferença ao iniciar essa nova etapa. É necessário ter em conta fatores como segurança ou localização, além de verificar a necessidade de uma reforma apartamento. Veja a seguir:

    Localização

    Se você tem filhos, uma opção é morar perto da casa de seus pais, pois eles poderiam apoiá-los em algum momento com o cuidado dos filhos. Se você não tiver um veículo, tente não ficar muito longe de uma avenida principal ou de áreas comerciais. Tente também optar por apartamentos localizados perto de seus locais de trabalho, de preferência ligadas por transporte público.

    Espaço

    A arquitetura deve ser amigável. Além do tamanho, você deve avaliar se é bem distribuído e tem espaço para colocar todo o mobiliário ou equipamento que você tem. Priorize os tetos altos e um bom número de janelas para garantir a ventilação ideal e a entrada adequada de luz natural.

    Caso seja necessário a reforma apartamento, opte por consultar profissionais da área para te auxiliar neste processo.

    Segurança

    Edifícios multifamiliares quase sempre possuem sistemas de vigilância por vídeo e pessoal de administração. Além disso, os casos de furtos neles são quase nulos. No entanto, apartamentos com móveis de luxo tendem a ser atraentes para os criminosos, por isso é melhor optar por móveis simples, mas práticos e elegantes. Se o edifício tem áreas comuns, como lavanderia, é um ponto a favor, porque você vai economizar na compra de alguns aparelhos.

    Reforma de apartamento antigo

    Para a sala de estar e sala de jantar você deve escolher pisos de alto tráfego, como porcelanato brilhante ou pisos de madeira em cores claras ou escuras, dependendo do estilo da casa. Pisos antiderrapantes são ideais para cozinhas e banheiros, e pintura lavável para paredes e pisos de madeira é aconselhável para os quartos.

    No entanto, a reforma de apartamento antigo deve ser realizada de acordo com o seu estilo e escolha de decoração do ambiente.

    Compartilhe



  • Moda
  • Calça Skinny: 5 dicas de como usar

    A calça preta masculina é um item indispensável para o armário dos homens. Com essa peça eles podem criar uma infinidade de looks, que vão desde o casual ao formal – mais utilizado em eventos ou reuniões.

    Nos últimos anos, o guarda-roupa masculino recebeu novas influências de moda e uma delas veio por meio da calça skinny masculina. Esse modelo é encontrado tanto em versões bem justas, que seguem bem coladas ao corpo ao longo de toda a perna, e em outras que começam a ficar ajustadas na altura do joelho.

    Para ajudá-lo a se inspirar e começar agora a aderir a calça skinny masculina, nós separamos algumas dicas de como combiná-la. Veja.

    5 dicas de como usar a calça skinny masculina

    1. Calça skinny masculina com blazer

    A primeira dica é aquela para os dias em que uma reunião pode surgir de surpresa. Estando preparado com um blazer no carro ou no armário da empresa, a calça skinny masculina compõe um look fino, mas ao mesmo tempo despojado.

    Para complementar, a camiseta branca ou na cor de sua preferência (vale até uma estampa listrada) vai muito bem.

    2. Calça preta masculina para eventos

    A calça jeans preta masculina faz as vezes de uma calça social para os eventos corporativos ou que pedem um look casual chique. De novo o blazer será o complemento-chave.

    3. Calça e camisas estampadas

    Depois das xadrezes, as camisas estampadas começaram a chamar a atenção dos homens. Seja floral, listrada, com estampas divertidas, vale todo tipo de desenho para criar looks de moda ainda mais despojados.

    4. Calça com sneaker

    Aproveitando que a calça skinny é bem justa ao corpo, vale balancear a produção com um tênis mais amplo, como o sneaker. O modelo tipo botinha rende uma produção confortável e estilosa para o final de semana.

    5. Calça preta e um look rocker

    A calça preta masculina já é um clássico do armário de quem se inspira nas bandas de rock para se vestir e com a skinny não é diferente. A modelagem justinha é uma das preferidas dos músicos.

    Essas são algumas formas de como você pode combinar sua calça skinny masculina. Gostou das dicas? Aproveite para trazer outras inspirações nos comentários. Até o próximo post.

    Compartilhe



  • Moda
  • 3 dicas para aprender a bordar

    Aprender a bordar sempre esteve entre os desejos de nossas avós e tias no passado, mas a realidade é que a técnica se renovou, ganhou destaque na moda e hoje se destaca com um novo conceito.

    Não é mais algo “antigo”, mas sim cool e capaz de renovar toda uma peça. Fora a questão econômica e de empreender, que tem atraído muitas pessoas para aprender a bordar e, assim, criar sua própria forma de ganhar dinheiro.

    Hoje temos também a versão mais moderna, que é o bordado termocolante, que tem se destacado muito nas peças de roupas.

    Se você quer aprender a bordar, neste confira a seguir 3 dicas que irão te ajudar a dar o pontapé inicial.

     

    1. Compre um kit pronto

    Esse é um bom passo para você dar caso queira aprender a bordar, com tranquilidade e sem estresse. Esses kits geralmente vêm com bastidor, tecido e desenhos já riscados, assim como linhas e agulha.

    Além disso, eles vêm com um manual que apresenta ensinamentos básicos. Vale a pena. E caso você já queira arriscar algo mais moderno, uma boa pedida é usar o bordado termocolante e testar em alguma calça jeans que você não usa mais.

     

    2. Vídeos e cursos online

    Aproveite a tecnologia e use-a a seu favor e assistas vídeos no YouTube para aprender a bordar. Conforme for se desenvolvendo, vale a pena investir em um curso de bordado online para aprender outras técnicas e pontos diferentes.

    Não se cobre tanto nesse início e vá fazendo bordados de forma mais descompromissada, como um hobby mesmo!

     

    3.  Se jogue no ponto cruz

    Para quem vai começar, a dica é focar no ponto de cruz, que é uma das técnicas mais fáceis para se aventurar no bordado. É simples e ideal para aprender a bordar, e você pode testar alguns desenhos geométricos até ficar mais craque e fazer bordados incríveis!

     

     

    Compartilhe



  • dicas
  • Iluminação na fotografia: natural ou artificial?

    Qual a melhor opção de iluminação para um trabalho fotográfico: natural ou artificial? Antes de escolher entre soquetes E27 e a luminosidade do dia a dia, conheça um pouco mais sobre cada tipo de iluminação:

     A iluminação é um assunto recorrente no universo da fotografia. Indispensável em qualquer trabalho, ela oferece inúmeras possibilidades para quem está por trás das lentes de uma câmera, seja essa pessoa um fotógrafo amador ou profissional.

    Iluminação na fotografia: natural ou artificial?

    Quem nunca ouviu aquele conselho de que nunca se deve ficar contra a luz antes de tirar uma foto? Parece simples, mas com essa dica já é possível ter noção do quão importante é considerar a iluminação, ou luminosidade do local, antes de realizar um trabalho fotográfico ou tirar uma mera selfie com seu celular.

    A iluminação pode ser usada para realçar detalhes, gerar efeito na fotografia e destacar objetos de uma maneira única, tudo vai depender do fotógrafo responsável pelo click. Mas afinal, a iluminação deve ser natural ou artificial?

    Iluminação Natural

    A iluminação natural costuma assustar muitos fotógrafos profissionais e amadores, causando arrepios até mesmo nos fotógrafos das horas vagas que não tem pretensão profissional, apenas querem registrar uma paisagem ou o sorriso de algum amigo.

    Por se tratar de uma luminosidade que foge ao nosso controle, saber trabalhar com a iluminação natural é um grande desafio para quem está acostumado com a vida no estúdio de fotografia ou coisa do tipo.

    Iluminação na fotografia: natural ou artificial?

    Entretanto, nos últimos anos é possível notar que muitos fotógrafos vêm se desafiando a utilizar a iluminação natural em seu trabalho, fazendo uso de equipamentos para diminuir o excesso de luminosidade e obter bons resultados.

    Afinal de contas, tudo é válido quando falamos em fotografia.

     

    Iluminação Artificial

    A iluminação artificial, muito presente em estúdios fotográficos e trabalhos de produção audiovisual em geral, pode ser vista como parte do cotidiano de um fotógrafo e demais profissionais envolvidos na área.

    É muito fácil se perder no meio de soquete lâmpada, ringlight e demais equipamentos presentes em um estúdio fotográfico e que são responsáveis por gerar a iluminação necessária para que o trabalho aconteça.

    Iluminação na fotografia: natural ou artificial?

    Embora seja mais fácil de controlar, a iluminação artificial também apresenta alguns desafios ao fotógrafo e saber lidar com a luminosidade gerada no ambiente é essencial para obter bons resultados.

    Afinal de contas, quem disse que lidar com soquete é tarefa fácil?

    Seja artificial ou natural, a iluminação é indispensável e cada qual tem seu valor dentro da fotografia. Arrisque, experimente e se desafie dentro de sua criação. Todo experimento é válido quanto falamos em fotografia.

    Compartilhe