• saúde
  • O que são exercícios funcionais?

    Está procurando um exercício físico novo, diferente, que apresente desafios e novas metas? O treino funcional pode ser a melhor escolha para você!

    Venha saber mais!

    O que são exercícios funcionais?

    O que são os exercícios funcionais?

    Exercícios funcionais, a base do treino funcional, são aqueles que foram criados com base nos movimentos naturais do corpo. Eles utilizam padrões fundamentais de movimento, como empurrar, lançar, pular, agachar, correr, girar etc., com o objetivo de preparar e fortalecer o organismo para quando esses movimentos forem necessários.

    Em uma academia comum, academia de pilates ou em um grupo especializado nesse tipo de treino, você vai fazer exercícios que incluam esses movimentos, utilizando equipamentos ou não. Seu corpo trabalha de forma integrada, sem isolar os grupos musculares.

    O que são exercícios funcionais?

    Quais são os benefícios do treino funcional?

    O treino funcional pode trazer muitos benefícios para quem o pratica, por exemplo:

    Melhora na musculatura

    Os exercícios funcionais tonificam e fortalecem os músculos, ajudando a prevenir lesões, a melhorar a postura e a aumentar sua força.

    Melhora do equilíbrio e flexibilidade

    Praticando esses exercícios regularmente, você cria uma consciência corporal mais ampla e, com ela, começa a melhorar seu equilíbrio e flexibilidade.

    Diversidade

    Uma das grandes vantagens do treino funcional é que ele nunca cai na rotina: todas as aulas são diferentes! Elas costumam funcionar como um circuito, com o professor estabelecendo um tempo ou número de repetições para cada movimento, e todos os alunos passam por todos os exercícios.

    O que são exercícios funcionais?

    Além disso, é possível utilizar equipamentos como bolas, fitas suspensas, cordas, barras, halteres, cones e camas elásticas para deixar o treino ainda mais diversificado. Sem tédio por aqui!

    Sem lugar determinado

    O treino funcional pode ser feito na academia de pilates, no salão da comunidade, no parque, em casa, na quadra de esportes, em casa, em fim, onde você preferir.

    Se você está cansado de sempre fazer os mesmos exercícios, procure um lugar para praticar o treino funcional e mude sua rotina!

    Compartilhe



  • saúde
  • Suplementação: O que precisamos saber

    Na busca por novos desafios ou então pelo corpo “perfeito”, é muito comum que as pessoas invistam em suplementação. Desta forma, buscar orientação de especialistas para o ganho de massa muscular é o mais indicado.  Do contrário, a suplementação feita de modo errado pode comprometer o organismo, trazendo inúmeros prejuízos à saúde.

    Os suplementos, quando feitos de forma adequada, ajudam a prevenir doenças de deficiência, tendo até mesmo efeito terapêutico, semelhantes aos medicamentos tradicionais. Eles ajudam a reduzir o risco de catarata, prevenir problemas na próstata e aliviar os efeitos da menopausa.

    Eles podem fazer mal quando falamos em excesso e pela utilização de forma indiscriminada e indevida, não respeitando a necessidade do corpo, isso acaba comprometendo todo metabolismo e prejudicando órgãos essenciais nessa função, como fígado, rins e pâncreas.

    Abaixo separei alguns dos suplementos mais comuns usados nas academias:

    Maltodextrina

    Este também é um carboidrato proveniente do amido de milho, que ajuda a fornecer energia durante a atividade física. A maltodextrina ajuda a retardar a fadiga porque proporciona a liberação gradual de glicose para o sangue.

    Albumina

    Esta é uma proteína proveniente da clara do ovo. A Albumina é considerada uma proteína de alta qualidade, pois serve para regularizar a pressão osmótica do sangue; transportar hormônios e controlar o pH sanguíneo. Quando utilizada como forma de suplemento ajuda a ganhar massa muscular.

    Craitina

    Ela é comporta por dois aminoácidos que são produzidos em nossas células: glicina e arginina.  Sendo a principal responsável pela ressíntese de ATP , a chamada energia do músculo, nos 10 primeiros segundo de exercício máximo.

    Dextrose

    Ela também é conhecida como glicose, sendo um derivado da conversão enzimática do amido de milho. A dextrose ajuda a fornecer energia e melhorar o desempenho, fazendo com que o praticante se exercite por mais tempo. A dica é não ingeri-ló de forma irregular.  O melhor é que a dextrose seja ingerida apenas ao longo do exercício e, de preferência, acompanhada de alguma proteína.

     

    Compartilhe



  • saúde
  • 5 dicas para acabar com a gordura localizada

    Um dos grandes interesses de quem procura por pilates em Brasília é lutar contra a gordura localizada. Ela incomoda tanto homens quanto mulheres e, se estiver localizada no abdômen, pode significar sérios riscos para a sua saúde.

    Venha descobrir como você pode acabar com a gordura localizada com essas 5 dicas que incluem exercícios físicos e uma boa alimentação no seu dia a dia.

    1. Invista em alimentos termogênicos

    Uma ótima forma de acabar com a gordura localizada é consumindo alimentos termogênicos, que são capazes de acelerar o metabolismo e auxiliar na eliminação de gordura. Alguns exemplos são canela, pimenta, gengibre e chá-verde. Você pode tomar o chá, ou adicionar esses ingredientes como temperos em outros pratos.

    2. Coma mais fibras

    Alimentos ricos em fibras, como chia, linhaça, verduras e frutas estimulam o funcionamento do intestino e absorvem gordura, ajudando a eliminá-la com mais facilidade. Além é claro, de dar uma sensação maior de saciedade. Coloque esses alimentos em sua dieta e veja o milagre!

    Como perder gordura localizada
    Foto: Unsplash

    3. Evite alimentos industrializados

    Alimentos muito processados e refinados são ricos em gordura, sódio e açúcar, o que favorece o acúmulo de gordura e impede que você se livre da gordura localizada. Evite-os o máximo possível e prefira sempre alimentos mais naturais, feito em casa.

    4. Pratique exercícios

    Colocar o corpo para funcionar ajuda a eliminar a gordura total do organismo, o que, consequentemente, também diminui a gordura localizada. Exercícios como pilates e musculação focam mais na força física, enquanto corrida e dança focam mais na agilidade.

    Mas não importa se você preferir pilates na asa norte ou dança, fazer exercícios é de grande ajuda para eliminar a gordura localizada.

    Como perder gordura localizada
    Foto: Unsplash

    5. Fortaleça os músculos

    Você sabia que músculos pesam mais do que gordura e fazem seu metabolismo ficar mais rápido? Por isso, quanto mais forte você for, menor a possibilidade de ter gordura localizada.

    Musculação, pilates e outros exercícios que tonifiquem seus músculos são essenciais para quem quer ter menos gordura. O pilates, além de reforçar os músculos, auxilia na postura e na flexibilidade, deixando-o em sua forma física ideal.

    Uma boa alimentação e prática de exercícios, como o pilates, são suas grandes armas nessa luta!

     

    Compartilhe



  • saúde
  • 5 dicas para dormir melhor

    Uma noite bem dormida tem mais a ver com a qualidade do sono do que com as horas que passamos na cama. Sabe a sensação de descanso ao levantar? É assim que você irá medir se foi suficiente ou não. Muitas vezes um pijama de frio feminino, comer bem, tranquilidade podem ajudá-la a relaxar e dormir sempre bem.

    Além disso, uma boa noite de sono é adquirida com hábitos e na forma como a pessoa leva sua noite, por exemplo, sem beber produtos cafeinados perto da hora de dormir. Quer saber como dormir melhor? Veja essas 5 dicas a seguir.

    dicas para dormir bem

    Como dormir bem

    1.Pijama de frio feminino

    No inverno o corpo precisa se aquecer para garantir seu conforto, por isso um pijama feminino inverno é indispensável. A roupa com a qual você irá dormir, se é quente demais, se aperta etc., interfere no seu bem-estar e, consequentemente, na qualidade do seu sono.

     

    2. Evite comidas pesadas à noite

    O cansaço e o stress do dia-a-dia podem instigar o desejo por comidas “confortáveis”, que normalmente são as mais pesadas. No entanto, essas podem pesar no estômago, deixando-o trabalhando por mais tempo.

     

    3. Desfrute de bebidas quentes

    Vestir um pijama longo feminino, deitar e beber uma xícara de chá de camomila pode se tornar um hábito prazeroso e também muito estimulante para uma noite gostosa, já que o corpo estará ainda mais aquecido e pronto para relaxar.

     

    4. Não apresse o seu sono

    A vontade de dormir deve vir na hora certa, por isso, não se cobre para dormir cedo ou em determinado horário. Essa ansiedade pode deixá-la ainda mais desperta.

     

    5. Evite as luzes fortes

    Essa dica vale tanto para mexer no celular antes de dormir quanto para a ausência de cortinas no quarto. Quanto menos luminosidade houver ao deitar, melhor é e mais rápido o sono irá chegar!

    Essas são algumas das atitudes que poderão garantir uma noite de sono agradável. O que você faz para dormir bem? Deixe sua dica aqui nos comentários!

    Compartilhe