• dicas
  • Como funcionam os cursos pré-vestibular?

    Quer saber como funciona um curso pré-vestibular? Acompanhe esse post e, de quebra, conheça outras opções em cursos online para suas aulas de reforço!

    Você está finalizando o Ensino Médio e já começou a se preparar para os acirrados vestibulares? Certamente você já notou que a competição por uma vaga é grande – seja em universidades públicas ou privadas. Nessa jornada, o caminho mais comum é o curso pré-vestibular.

    Mas será que os cursinhos são exatamente a melhor escolha para todos os alunos? É o que você vai descobrir em nosso post de hoje. Saiba como funciona o curso pré-vestibular e suas características. Acompanhe e tire suas dúvidas sobre o assunto. Boa leitura!

    Como estudar cursinho pré-vestibular
    Foto: Unsplash

    Quais as principais características dos cursinhos?

    Quando falamos em cursinho pré-vestibular, a primeira imagem a surgir pode ser a de professores dinâmicos, ensinando matérias complexas em cima do palco, com músicas e fantasias. E isso é comum. Uma das grandes características dos cursinhos é o dinamismo das aulas.

    Principalmente em véspera de exames, as escolas optam por criar aulas em forma de espetáculo. Além de receber o conhecimento mais informalmente, os alunos sentem-se mais relaxados e à vontade.

    Além dessa característica, podemos citar outras como:

    • Professores familiarizados com vestibulares
    • Aulões temáticos
    • Material didático próprio
    • Pagamento mensal, semestral ou anual
    • Possibilidade de preparação para vestibulares específicos

    Quanto tempo dura o curso pré-vestibular?

    O tempo de um cursinho está atrelado ao objetivo do aluno, bem como sua dedicação e aprendizagem individual.

    Alunos que almejam ser aprovados em grandes vestibulares de Medicina, por exemplo, podem frequentar as aulas de 2 a 3 anos. No entanto, carreiras menos concorridas podem exigir apenas 1 ano de estudo intenso nos cursos.

    A universidade escolhida também determina a duração do curso. Vale salientar que universidades particulares geralmente exigem menos do que as públicas. Nesse sentido, 1 ano de cursinho pode ser o suficiente.

    Quais os custos de um curso pré-vestibular?

    Apesar de ser uma boa fonte de preparação, muitos alunos acabam optando por cursos online e outros tipos de aula de reforço justamente pelo alto custo dos cursinhos.

    Os valores variam de acordo com o renome da instituição – incluindo mensalidade e material didático. Quanto mais conhecida for a instituição – bem como o sistema de ensino – mais alto ou mais baixo é o custo.

    A média de valores do Curso Anglo, por exemplo, é de R$164 a R$1.203 por mês – depende da quantidade de aulas por semana, área de especialização e período de estudo.

    Como se preparar para o vestibular sem os cursinhos?

    Mas nem todos os vestibulandos têm condições de arcar com os altos custos dos cursos pré-vestibulares. Nesse cenário, uma boa saída é apostar em aulas de reforço e cursos online. Boas plataformas, como a Tá Dominado, oferecem cursos e videoaulas com professores especialistas na área.

    Além de reforçar os seus conhecimentos para o vestibular, você pode utilizar as aulas de reforço para eliminar dúvidas de matérias vistas em sala de aula, melhorando suas notas.

    Veja algumas vantagens de fazer cursos online para o vestibular ou para aulas de reforço escolar:

    • Videoaulas com conteúdos de todas as matérias, incluindo informática básica;
    • Videoaulas específicas;
    • Videoaulas com resoluções de exercícios 24 horas por dia, 7 dias por semana;
    • Contato direto por e-mail com professores;
    • Professores treinados e com experiência em ensino EAD.

    Como você percebeu, o curso pré-vestibular é uma boa opção de preparação. Porém, não é a única. Se você prefere estudar e ter aulas de reforço em casa, no dia a hora que preferir, as videoaulas do Tá Dominado são a melhor escolha! Saiba como o portal funciona e faça hoje mesmo seu cadastro. Bons estudos e até a próxima!

     

    Compartilhe



  • etec
  • Ensino Técnico X Ensino Superior

    Graças a Deus eu já tive o privilégio de me formar na faculdade. Sou graduada em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda (pela UNIMEP).
    Muita gente deve se perguntar por que então, eu, com diploma de ensino superior resolvi voltar pra sala de aula em um nível a baixo..
    Pensando nisso surgiu esse post, pra desmistificar um pouco o ensino técnico.
    Bom, voltei pra sala de aula porque sempre gostei de estudar e webdesign era uma coisa que eu queria muito aprender, e quando surgiu a oportunidade de estudar de graça.. aham! não perdi tempo né..

    Muita gente não dá valor ao ensino técnico achando que ele está aquém da universidade, mas a principal diferença entre os dois é que o ensino técnico foca exclusivamente a prática (daí o curso ser em tempo menor), enquanto que a faculdade tem todo aquele blábláblá de aula de sociologia, filosofia além de educação física.. que ocupam quase um ano inteiro..

    As Vantagens do Ensino Técnico:

    • Tempo menor, em média, um ano e meio.
    • Pouquíssima teoria, isso é coisa pra faculdade! No ensino técnico você aprende…. as técnicas de se fazer alguma coisa, oras! E em parte isso é ótimo pra quem não gosta de filosofar..
    • Facilidade em conseguir um ensino gratuito, pelo menos no estado de São Paulo onde temos as ETECs superbem conceituadas.
    • Os professores sabem muito, são muito bem preparados (a maioria deles também dá aula em faculdades).
    • Rápida coloção no mercado, (lembre-se: o que o mercado precisa é de gente qualificada).
    • Como os cursos são curtos, você pode fazer vários e ser técnico em muitas coisas já pensou?
    • Facilidade em se conseguir um estágio, geralmente as escolas indicam os alunos.
    • No caso de cursos pagos, as mensalidades tendem a ser bem mais baixas que na faculdade.
    • Você pode começar um ensino técnico no 2º ano do ensino médio.

    Meu conselho pra galerinha que ainda está no ensino médio é que aproveitem e façam junto com o médio algum curso técnico, quando você entrar na faculdade estará a frente dos outros alunos, bem visto pelos professores e conseguirá muito mais facilmente aquela ótima vaga no estágio ;)

    Em tempo: A ETEC Votuporanga está com inscrições abertas para um curso muito interessante: MARKETING, que será oferecido no período da tarde e terá ótimos professores como minha querida profa @anapicolini.

     




    Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina


    Compartilhe



  • faculdade
  • Faculdade

    Só quem faz ou fez faculdade sabe como a coisa é estressante.. Quando eu estava pra me formar era uma correria danada, e eu acabei desenvolvendo o bruxismo* por conta do stress. Olhando o hd do meu computador antigo (tem cada achado!) encontrei uma lista que fiz no trabalho de conclusão de curso, dá muita saudade ficar lendo.. gente, é muita correria, muito planejamento, ansiedade, expectativa.. mas enfim, valeu a pena, nosso trabalho ficou lindinho e ainda por cima ganhamos dois prêmios. =)

    – 5 professores orientando o projeto
    – R$ 576,00 no cofrinho da agência
    – Aproximadamente 1.000 folhas de papel sulfite utilizadas
    – 1 dia inteiro de gravação e sessão de fotos
    – 3 dias para editar um videoclipe de 1’30”
    – 2 tardes e meia na Cópia e Cia
    – 3 tardes inteiras na agência escola
    – 1 almoço na Carla
    – 1 almoço no Shopping
    – 1 almoço na Cris (com direito a Lasanha de frango!!)
    – 2 ‘projetos de almoços’ com Doritos
    – Alguns pães de queijo com muito ketchup pra compensar
    – Alguns desentendimentos.. e quem não tem?
    – Uma pessoa muito muito estressada: EU..
    – Duas vezes fazendo os mesmos spots
    – Muitas vezes refazendo mapas de mídia
    – Trocentas horas na frente do computador
    – 80 e-mails about “Projex”
    – 4 reais gastos com côcos!!
    – 12 reais gastos em sorvetes que nem experimentei!!
    – 123 pessoas entrevistadas
    – 1 tarde no Shopping surrupiando uns 10 catálogos de moda
    – Umas 30 idéias de slogans (não usamos nenhuma!)
    – Cerca de 10 cds gravados
    – 100 fotos, no mínino, tiradas pela Carla!!
    – 306 horas oficias de Projex
    – Aproximadamente 500 horas não oficias pensando no Projex =P
    – 4 cópias do mesmo trabalho, algo mais que 1000 páginas
    – Trabalhinho trabalhoso com 11 megas (no Word, sem imagens)
    – Mais quantos megas no catálogo? o suficiente pra não rodar no computador da Copiadora da Galeria
    – 3 ensaios oficias
    – 2 apresentações para os professores
    – 1 integrante faltando na apresentação da banca externa do Projex por motivo maior (EU)
    – 2 prêmios conquistados pela Essencial: MELHOR BRIENFIG e MELHOR MÍDIA
    – 6 pessoas desempregadas agora (sortudo hein Du)
    – 7 pessoas com saudade!!
    – 1 certeza: EU FARIA TUDO DE NOVO, E MUITO MELHOR AGORA!!

     

    * bruxismo – hábito (involuntário) de cerrar os dentes, principalmente dormindo, por conta de nervosismo, ansiedade, (segundo meu dentista aparece mais em pessoas que estão terminando a faculdade).  O ato de cerrar os dentes (forçar a mandíbula) faz com que o atrito desgaste os dentes e muitas pessoas sentem uma dor de cabeça. A solução é usar na hora de dormir uma plaquinha que vai cobrir e proteger os dentes. Não durmo sem a minha. Mais sobre

    Compartilhe