5 dicas para ter uma gengiva saudável

As gengivas saudáveis parecem cor-de-rosa e trazem harmonia ao sorriso. Mas os pacientes muitas vezes experimentam vermelhidão e sangramento durante a escovação, um sinal de que algo está errado com a saúde bucal. Então, como manter as gengivas saudáveis?

As gengivas inchadas e avermelhadas são um primeiro sinal do desenvolvimento de uma infecção oral. Na verdade, este é geralmente o primeiro sintoma de doenças periodontais, como gengivite e periodontite. A base para evitar essas patologias e manter as gengivas saudáveis é fazer uma boa prevenção. As gengivas saudáveis são essenciais para manter uma boa saúde bucal.

5 dicas para ter uma gengiva saudável

Como manter as gengivas saudáveis

Existem várias orientações a seguir para manter as gengivas saudáveis:

1. Rotina de higiene bucal adequada

Muitas vezes a técnica de escovação falha. Isso favorece o acúmulo de placa bacteriana na linha da gengiva, o resultado é a formação de tártaro e inflamação das gengivas. Portanto, manter uma boa rotina de higiene bucal é essencial para manter as gengivas saudáveis.

O primeiro passo é manter uma boa técnica de escovação. Muitos especialistas da Endodontia recomendam realizar movimentos verticais e suaves. Desta forma, uma limpeza mais profunda das ranhuras gengivais é alcançada, o que torna possível manter as gengivas saudáveis. Mas a escovação dos dentes é insuficiente para remover todos os vestígios de alimentos e bactérias. Portanto, os profissionais recomendam manter uma boa rotina de higiene através de técnicas como lavagem e uso do fio dental. Muitas vezes o processo de limpeza bucal se concentra nos dentes, esquecendo outras partes fundamentais da boca, como a linha das gengivas ou os espaços entre os dentes. Reforçar a rotina de higiene nessas áreas é a chave para manter as gengivas saudáveis.

2. Produtos de higiene adequados

Atualmente, existe uma grande variedade de produtos de higiene bucal. Decidir sobre um deles é muitas vezes difícil e nem sempre escolhemos os melhores produtos para o nosso sorriso. Assim, é aconselhável ir ao dentista Tatuapé de confiança e consultar que tipo de produtos são os mais adequados.

Em todos os casos, recomenda-se que os produtos incorporem flúor. Este mineral ajuda a fortalecer o esmalte e protege-o do desenvolvimento de diferentes infecções orais. Atualmente, muitos cremes dentais e enxaguatórios bucais já incorporam flúor, mesmo para crianças.

5 dicas para ter uma gengiva saudável

3. Boa nutrição

Uma boa dieta ajuda a cuidar das gengivas. De fato, manter uma dieta balanceada é essencial para manter as gengivas saudáveis. Neste sentido, é aconselhável incorporar alimentos ricos em vitamina C. Também é aconselhável evitar alimentos e ácidos excessivamente açucarados. Este tipo de alimento corrói o esmalte e a gengiva e também favorece o desenvolvimento da cárie dentária.

4. Detecção precoce

Muitos casos de gengivite e periodontite poderiam ter sido evitados com uma boa prevenção. A chave é saber como detectar durante a rotina de higiene os principais sintomas que avisam que a gengiva não é saudável:

  • Inflamação. As gengivas inchadas têm uma aparência avermelhada, que é desagradável e também favorece o sangramento mais facilmente do que o normal.
  • Sensibilidade. Causa dor aguda quando confrontada com estímulos específicos, como alimentos muito quentes e muito frios. A sensibilidade dentária pode alterar processos agradáveis, como comer, mastigar e beber.
  • Sangramento. As gengivas que não são saudáveis ??tendem a sangrar durante a escovação dos dentes.

Estes são os principais sintomas que alertam para o desenvolvimento de uma doença periodontal. Se você notar algum destes sintomas, é aconselhável ir ao dentista de confiança, uma vez que a detecção oportuna é a chave para o tratamento ser eficaz.

5 dicas para ter uma gengiva saudável

5. Ir para revisões regulares

Antes de desenvolver os primeiros sintomas mencionados, é aconselhável ir ao dentista regularmente. Na verdade, o ideal é não esperar para desenvolver esses sintomas, mas para evitá-los. A este respeito, as visitas regulares na Clínica Odontológica são suficientes para evitar maiores complicações nas gengivas.

Compartilhe



Deixe uma resposta